Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Champagne Choque

Champagne Choque

É dia 5 de Dezembro...

E eu tenho ZERO presentes de Natal comprados. Tudo normal, portanto. Não fosse eu ter quase prometido a mim mesma que este ano ia tratar de tudo com antecedência para não andar em shoppings dia 23. Tenho a lista de pessoas a quem vou dar presentes feita. Isto de haver Natal e aniversários todos os anos atrapalha, porque uma pessoa começa a esgotar opções. Estou a programar ir às compras de Natal durante esta semana. Juro que a motivação para despachar tudo antes de dia 10 está lá em cima. Só falta mesmo pegar em mim e ir a certas lojas que tenho em mente. E nem me venham com a conversa do DIY porque além de falta de tempo, tenho falta de jeito. Tenho dez presentes para comprar, 8 adultos e 3 bebés. Wish me luck. Vou mantendo mantendo aqui o blog com updates da minha saga natalícia. 

As minhas músicas preferidas de Natal

Pôr música de Natal enquanto se faz a árvore? Pôr música de Natal para cozinhar uns bolinhos e biscoitos para o lanche de fim de semana? Pôr música de Natal a tocar enquanto se fazem as tarefas chatas como arrumar roupa, pôr a máquina a lavar e limpar o pó? Sim, sou dessas que ouve músicas de Natal durante o mês de Dezembro para qualquer coisa que faça. São músicas que me animam, me confortam e me fazem entrar dentro do espíritio da época. É uma mania, pronto. 

 

Tenho as minhas músicas de Natal preferidas, que me aquecem o coração sempre que as ouço. Algumas são muito conhecidas e muito clichés da época, mas são clássicas e eu adoro. 

 

Have Yourself a Merry Little Christmas - Frank Sinatra

Se esta música não vos aquece o coração, então têm uma pedra no lugar onde ele devia estar. 

Esta música lembra-me o Sozinho em Casa, lembra-me noites frias de Inverno a beber um chá à lareira,

lembra-me as luzes da árvore a piscar. É a minha preferida, sem dúvida. 

 

Jingle Bell Rock - The Platters 

Esta é capaz de ser a minha segunda música preferida de Natal.

É impossível não ficar logo de bom humor ao ouvi-la. Adoro!

 

It's Beginning to Look A Lot Like Christmas - Bing Crosby

Outra clássica da época, cantada pelo Bing Crosby que é a versão que mais gosto. E se viam esta frase

apenas em legendas de fotografias no Instagram ficam a saber que sim, é o nome de uma música. 

 

Rockin' Around the Christmas Tree - Brenda Lee

Outra que me lembra o Sozinho em Casa, as festas de família com muita gente,

muita confusão, muitas gargalhadas, como se quer e deve ser. 

 

All I want for Christmas - Maria Carrey

Não podia deixar de ter esta aqui. É a música de Natal mais tocada de sempre e eu confesso que adoro.

Não me canso de a ouvir todos os anos, sei a letra de cor e canto a plenos pulmões se for preciso. 

 

Sleigh Ride - The Ronettes 

 

White Christmas - Michael Bublé 

Não podia faltar por aqui o Bublé, que tem álbuns dedicados às festividades natalícias,

com covers de várias músicas famosas de Natal, como esta. 

 

Let It Snow! Let It Snow! Let It Snow! - Dean Martin

Termino a lista com o Let it Snow, outro clássico que nunca passa de moda. 

 

10 Razões para ver Stranger Things

Eu sei que já toda a gente falou da série, que já muita gente partilhou imagens e opiniões, mas eu ainda não o tinha feito e, como foi das séries que mais me marcou nos últimos tempos, tinha que falar nela. Caso sejam pessoas que, tal como eu, vibram com estas novidades que trazem uma lufada de ar fresco às histórias de médicos, advogados e políticos que andam por aí, apostem nesta série que não vão sair desiludidos.

 

Vi a primeira temporada em dois dias, em Setembro. Só não vi num dia apenas porque...vá, vida a acontecer fora de quatro paredes. A primeira temporada tem oito episódios e tudo junto faz pouco menos de oito horas intensas colada ao ecrã. Há muito tempo que uma série não me entusiasmava tanto...ao ponto de ter que ver tudo até ao fim por não aguentar não saber o que se passa a seguir. Por isso, partilho 10 razões para cima de espetaculares que mostram que Stranger Things vale muito a pena.

 

stranger-things-serie.jpg

 

1. Passa-se nos anos 80. Para quem é 80's lover, o tipo de ambiente, as roupas, a forma como

os miúdos vivem e brincam com bicicletas e jogos de tabuleiro, são um delírio completo. 

stranger-things-barb.jpgstranger-things.jpeg

 

2. A Eleven. Têm de conhecer a Eleven. Uma miúda com poderes especiais que é incrível e

de quem é impossível não ficarem fãs (e não quererem ser amigos dela).

A interpretação brutal da Millie Bobby Brown vale mesmo a pena.

stranger-things-eleven-image.0.jpg

 

3. O mistério que envolve toda a temporada. Queremos saber o que aconteceu ao Will.

stranger-things-will-scared.jpg

 

4. A banda sonora brutal, com músicas da época.

(isto dito por uma pessoa que tem sempre o rádio do carro sintonizado na m80) 

 

5. Ver que a Winona Ryder afinal consegue ser boa actriz.

30-stranger-things.w1200.h630.jpg

 

6. A referência a filmes de culto dos Anos 80, como E.T, Stand by me, Os Goonies, entre outros.

(O vídeo está super completo)

 

 

7. Descobrir o que é aquela coisa viscosa nojenta.

strangerthings_walkinhere.png

 

8. A amizade entre os miúdos é a coisa mais querida. Vai derreter-vos o coração. 

stranger-things.jpg

 

9. A cena das luzes de Natal: o significado, o que representa, a parte visual da coisa. É incrível. 

stranger-things-netflixs-life-tips-KoE.jpg250816strangerthings.png

 

10. É Ficção Científica (misturada com mistério, romance e acção). Querem melhor?

maxresdefault.jpg 

Podemos mudar-nos para Marte?

 

É que só em Marte estamos salvos do mal que este homem vai fazer ao mundo. Medo, muito medo nesta hora. Alguém tem noção que esta "coisa" é o Hitler do séc. XXI? Isto é dar força a tudo o que há de mau no mundo. Estou muito, muito triste, desiludida e assustada. Como é que num Mundo onde existe o Papa mais à frente da História, a tentar mudar mentalidades para ver se isto avança um bocadinho, os EUA elegem um Trump? Que pesadelo. Inacreditável. Chocante. Desesperante. As bolsas a cair, o Canadá a querer fechar os vistos para os EUA, os emigrantes já a porem trancas na porta... 

 

Dizem que se só os jovens tivessem votado, ele não ganhava... Mas os EUA não são só Nova Iorque e nos Estados do interior há muito conservadorismo, muitas cabeças limitadas, muito preconceito com quem não é norte-americano de gema e gente estúpida que pensa exatamente da mesma maneira que o Trump. Com preconceito, racismo, xenofobia, machismo e insanidade, com pretensão para a violência e a favor das armas. Tudo o que andamos há décadas a tentar mudar. 

 

Este estúpido (para não chamar pior) quer construir um muro na fronteira com o México e isso nem sequer é anedota... Os próximos quatro anos vão andar cem passos atrás em tudo o que Obama fez nos últimos anos. É o fim do Mundo como o conhecemos e isso assusta. E para terminar faço só a analogia que o mundo já percebeu: 11/9 vs 9/11 

 

Algumas das coisas que andam a circular na Internet:

 

14937221_10153869953872041_3600663099696706295_n.j14925403_575329029318619_8284337524920894185_n.jpg

14956447_10211353428055556_653531517996226274_n.jp

14956643_1409542689070854_8027728042855415539_n.jp

FullSizeRender (20).jpg

FullSizeRender (2).jpgFullSizeRender (22).jpg

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal