Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Champagne Choque

Champagne Choque

5 filmes para ver no Dia da Criança

Vamos fugir aos desenhos animados, aos filmes de animação e aos clássicos típicos da Disney. Hoje falamos de bons filmes para ver no Dia da Criança, que tanto podem ser vistos com os vossos filhos, sobrinhos, afilhados e netos, como por vocês mesmos. Aposto que eles vão gostar de ver e vocês de rever. Dá para voltar um bocadinho à infância, nem que seja durante uma hora e meia. 

filmescrianças.jpg

 

Mary Popppins (1964)

(Género: Comédia / Familiar / Fantasia / Musical)

Acho que qualquer um de nós gostava de ter tido uma ama como a Mary Poppins. Transformava todas as tarefas chatas em jogos e os dias eram uma aventura constante. Tudo começa quando chega a casa da família de Mr. Banks a voar, com o guarda-chuva a fazer de pára-quedas. Desde logo os filhos, Jane e Michael, percebem que ela é diferente: desce as escadas sentada no corrimão, tem uma mala de onde tira coisas sem fim e consegue fazer com que se salte para dentro de desenhos no chão. Com a ajuda e companhia de Bert, um limpa-chaminés interpretado por Dick Van Dyke, as surpresas são constantes e acaba por mudar a vida daquela família. É um filme bem-disposto, divertido e super amoroso.

Julie Andrews dá vida à personagem principal (antes de ir cantar para os montes austríacos, onde curiosamente também cuidava de crianças), com a qual ganhou o Óscar de Melhor Atriz, em 1965. O filme ganhou também os Óscares de Melhores Efeitos Visuais, Melhor Edição, Melhor Banda Sonora e Melhor Canção Original. Ainda não sabia eu falar inglês sequer e já cantava as músicas do filme, no meu inglês próprio da altura. Resumindo, Mary Poppins é, pra quem ousar entender, “supercalifragilistexpicialidocious”. Juro que sabia (e sei) dizer isto rápido e a cantar. 

poppins2.jpg

 IMDb: 7.8/10

Realizador: Robert Stevenson

Trailer

 

E.T. (1982)

(Género: Drama / Ficção Científica)

O E.T. marcou uma geração. Acho que não há ninguém que tenha nascido e crescido nos anos 80/90 que não tenha visto o E.T. e desejado ter um amigo igual. Foi uma das sensações cinematográficas da década e um dos maiores sucessos de bilheteira da história do cinema. Resumindo, é uma aventura de ficção científica para toda a família. Steven Spielberg, realizador, fez-nos gostar de extraterrestres. 

É impossível não adorar o ET fofinho que vem parar à Terra e não derreter com a amizade dele com o Elliot, um miúdo de dez anos que o protege para que não seja capturado e transformado em cobaia pelos serviços secretos americanos e que o tenta ajudar a voltar ao seu planeta. A irmã mais nova de Elliot, interpretado por Henry Thomas, é a Drew Barrymore, com sete anos na altura. O boneco foi, supostamente, imaginado depois da equipa de Spielberg ter acrescentado os olhos e a testa de uma fotografia de Einstein à cara de um bebé. E ganhou vida através de uma pessoa baixinha dentro de um fato criado para o efeito. Há muitos efeitos especiais mas o boneco estava mesmo lá, fisicamente, nas cenas.

O filme ganhou 4 Óscares em 1983, incluindo Melhores Efeitos Visuais Especiais e Melhor Banda Sonora. E é um daqueles que nos enche o coração. É um dos meus filmes preferidos da vida e é impossível ver sem lenços ao lado. 

et2.jpg

IMDb: 7.9/10

Realizador: Steven Spielberg

Trailer

 

 

Querida, encolhi os miúdos (1989)

(Género: Aventura / Comédia / Familiar)

Outro filme que é um clássico para quem cresceu nos anos 90. Eu perdi a conta das vezes que o vi. Wayne Szalinski é um cientista que tenta criar uma máquina para diminuir o tamanho de objectos. Depois de várias tentativas falhadas, encolhe sem querer os seus próprios filhos e dois amigos deles, filhos dos vizinhos. Os miúdos começam, então, uma luta pela sobrevivência contra perigos que numa situação normal não o seriam. Agora, com um tamanho minúsculo, têm que lutar contra inimigos como formigas, abelhas, cortadores de relva e até mesmo os pés dos adultos que andam no jardim, que para eles é quase uma selva e onde uma simples bolacha lhes parece algo gigante. Se nunca viram o filme (o que acho estranho) vejam o trailer para perceberem melhor o argumento e para ficarem cheios de vontade de o ver. 

kids2.jpg

IMDb: 6.2/10

Realizador: Joe Johnston

Trailer

 

Matilda (1996)

(Género: Aventura / Comédia / Familiar)

É a história de uma miúda, sobredotada e com poderes especiais, que vive numa família que não lhe liga nenhuma, que não a compreende e com a qual ela não se identifica. Matilda (Mara Wilson) é uma criança brilhante de apenas seis anos, que cresceu no meio de pais mal educados e ignorantes. Ambos desprezam a filha, a ponto de se esquecerem da sua idade ou de matriculá-la na escola. Matilda passa os dias em casa sozinha ou na livraria, onde aprendeu a ler sem ajuda. Até que descobre que consegue mover objetos e que tem poderes mágicos, na mesma altura em que começa a ir para a escola, onde encontra outro tipo de problemas. Quando começa a ter controle sobre a magia que tem, cria vingançazinhas contra quem lhe fez mal e acaba por ajudar quem gosta, incluindo a professora que vai ter um papel importante na sua vida. Danny DeVito realizou e protagonizou o filme, como pai da Matilda, que é baseado no livro com o mesmo nome. É um filme infantil super fofinho para verem com as vossas crianças. 

matilda2.jpg

 IMDb: 6.8/10

Realizador: Danny DeVito

Trailer

 

Beethoven (1992)

(Género: Comédia / Familiar)

Quem nunca pediu um cão aos pais quando era criança? Então nos anos 90 acho que todos os miúdos devem ter pedido um São Bernardo por causa deste filme. É daqueles filmes de domingo à tarde. Uma comédia familiar em que um casal aceita ficar com um cachorrinho que aparece no jardim, a pedido dos três filhos. O pai, interpretado por Charles Grodin, acha que o cão só lhe dá dores de cabeça e tem ciúmes da relação e atenção que o resto da família dá a Beethoven. Mas a verdade é que o cão ajuda toda a família em situações complicadas. Claro que depois começam os problemas quando um veterinário criminoso tenta virar a família contra o cão para ficar com ele e usá-lo como cobaia para experiências e daí desenvolvem-se uma série de situações que fazem com que quem está a ver fique a torcer para que o Beethoven escape e viva feliz para sempre com a família. 

beethoven2.jpg

 IMDb: 5.5/10

Realizador: Brian Levant

Trailer

 

7 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal