Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Champagne Choque

Champagne Choque

Da má experiência com uma editora online

Acredito que a comunicação "boca a boca" é das mais eficazes. Amigos que nos dizem que um restaurante é óptimo, que um livro é bom ou que um filme é espectacular, dão-nos vontade de experimentar também. Mas isso tanto serve para o bom como para o mau. E quando ouvimos uma crítica negativa ficamos sempre de pé atrás com tal sítio, tal livro ou tal filme. Claro que temos que ter as nossas próprias experiências e nem todos gostamos do mesmo, mas ter em conta outras opiniões ajuda.

 

Hoje venho contar-vos a má experiência com a editora online Saída de Emergência. 

Nunca lá tinha encomendado nada. Estava a ver o site deles e reparo num bom desconto num livro que queria. Acabei por comprar dois livros, com desconto, e ainda recebia um de oferta, que podia escolher dentro de uma lista que eles dispõem. Escolhi um que também já queria comprar há muito. Ou seja, três livros pelo preço de um e meio, praticamente. Achei que tinha sito uma boa compra e prometiam entrega no espaço de 3 dias. Encomendei a uma 4ª feira, chegou na 2ª feira seguinte. Dia em que escrevi este post. A encomenda veio trocada. Não eram os meus livros. O meu nome estava certo no pacote, mas lá dentro os livros eram outros e o papel do recibo tinha outro nome. Portanto, os meus livros tinham ido parar a outra pessoa algures por esse Portugal. Liguei para lá, pediram muitas desculpas e prometeram reencaminhar a minha encomenda. Chegou três dias depois, correcta. 

 

Até aqui tudo bem, não fosse agora ter que devolver a encomenda que veio errada. Então dizem-me que tenho que ir aos Correios enviá-la, que eles cobrem os custos dos portes, mas que tenho eu que adiantar esse dinheiro porque os Correios obrigam que assim seja. Depois, quando chegar a encomenda ao destino emitem um vale com o dinheiro que eu gastei, vale esse que tenho que ir novamente aos Correios levantar. E é aí que me devolvem o dinheiro, "acham eles". 

 

Ou seja, faço uma encomenda pela net porque é prático - além do bom desconto. Sem ter que sair de casa os livros que quero vêem cá ter. Mas afinal, agora tenho que fazer duas viagens aos Correios para resolver uma situação da qual não tenho culpa nenhuma. Tenho que me desviar do meu caminho para resolver uma coisa que é culpa deles. "Como somos uma editora online não temos maneira de resolver de outra forma".

 

Obviamente não morro por ir aos Correios, mas irrita-me toda esta falta de atenção e profissionalismo, que agora sou eu que tenho que resolver. Se era para andar para trás e para a frente, mais valia ter ido a uma livraria física. Trazia os livros apenas numa viagem e ainda vinham com os marcadores certos - quem gosta de livros vai perceber o que irrita as editoras tirarem os marcadores verdadeiros e porem os deles, como a Saída de Emergência fez. Uma situação que, garantidamente, lhes custou uma cliente. 

 

 

11 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal