Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Champagne Choque

Champagne Choque

Do que precisamos para ficar viciados numa série?

Bem, depende de cada pessoa, depende do tipo de série, depende de vários fatores, na verdade. Vi esta notícia sobre um estudo feito pela Netflix na primeira metade do ano. Claro que os números são uma média e podemos ou não concordar. Não vi todas as séries de que eles falam e das que vi, em muitas não faço parte da média que eles apresentaram. Mas isso fez-me pensar do que preciso realmente para ficar viciada numa série.

 

series1.jpg

 

 E cheguei a uma lista de 7 itens:

1. Ter em conta a opinião favorável de um amigo que sei que tem os gostos parecidos com os meus. 

2. Não ter sido cancelada ao fim da primeira temporada (perco logo o interesse).

3. Ter um episódio piloto que abra o apetite, que nos deixe curiosos sobre o que poderá vir a acontecer, mas sem dar informações a mais. Aqueles que vão logo com muita sede ao pote, normalmente dá mau resultado e comigo tem o efeito contrário. 

4. Ter atores de que gosto muito. 

5. Se for uma série de comédia ter piadas que efetivamente tenham piada e não sejam só clichés já gastos. 

6. Se for uma série dramática que tenha um argumento original e que não seja mais do mesmo. 

7. Ter personagens cativantes, bem interpretadas e credíveis. 

 

series2.jpg

 

Alguns exemplos apresentados no estudo:

Breaking Bad - Diz que bastam dois episódios. Confesso-vos que foram precisamente esses que vi, não percebi logo toda a excitação com a série, pensei "depois vejo os outros" e entretanto já se passaram dois anos. Quero ver a série, porque sei que vou gostar, mas não me conquistou logo nos dois primeiros episódios. 

Gossip Girl - Três episódios é o suficiente para viciar. Não me lembro ao certo em que momento a história me prendeu, mas sei que vi as primeiras temporadas todas de seguida, portanto comigo resultou. 

House of Cards - Também são três os episódios que bastam para que alguém não largue mais a série. Acho que aqui também me encaixo na média, apesar de não ser uma série que não consiga largar. Vou vendo aos poucos (ainda não acabei a terceira temporada e já saiu no início do ano).

How I Met Your Mother - Diz que o Ted e companhia só convenceram os espectadores ao fim de oito episódios. Aqui a média não funciona comigo. Acho que ao fim de dois ou três fiquei fã e apesar de andarem a engonhar nas últimas duas temporadas, fui das únicas pessoas a gostar do final. 

Orange is the new black - Tornou-se numa das minhas séries preferidas. Mas não sei se foi com três episódios como refere o estudo. Sou capaz de ter ficado fã a meio da primeira temporada, ao fim de uns 6 episódios, talvez. 

Scandal - Dois episódios, dizem eles. Pois para mim foram esses mesmos dois episódios que me fizeram riscá-la da minha lista de séries. Não gostei. Não vi mais. 

 

Outras séries:

Game of Thrones - Agarrou-me logo no primeiro episódio. Vi as três primeiras temporadas de seguida (as que tinham saído na altura) sem parar. 

The Newsroom - A mesma coisa. Fã ao primeiro episódio. 

Revenge - Lembro-me que foram precisos só dois episódios para me conquistar. A última temporada acabou com o meu coração.

Girls - Gostei desde o episódio piloto. Well done, Lena Dunham.

The Affair - A primeira temporada tem dez episódios. Acho que me viciou a meio, quando começamos a decifrar toda a história que envolve o casal. A segunda temporada começou agora, coisinha para me deixar feliz. 

True Detective - Tinha opiniões muito boas a respeito. Vários amigos que adoravam a série, muita gente a dizer que era muito boa. Vi o primeiro episódio. "Vê-se", pensei. Mas não vi motivo para todo aquele buzz à volta da série. Vi o segundo episódio. Aborrecido. Vi o terceiro. Estive para desistir da série. Até que um amigo disse "a partir do quarto é que vai ser". E eu, já descrente, fiz um último esforço. E ainda bem. É só no quarto episódio que começamos a juntar as peças. Daí até ao final da primeira temporada foi sempre a andar. A segunda temporada trouxe a Rachel McAdams, o Vince Vaughn e o Colin Farrell e, por eles, agarrei-a também com unhas e dentes. 

 

Podia ficar aqui a falar de mais 543 séries, mas secalhar depois ninguém lia isto. 

 

6 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal