Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Champagne Choque

Champagne Choque

Nico

 

Nico,

Vou chamar-te assim, porque sinto que te conheço. Cresci a ver-te. Podemos dizer isso de muitos, mas nem todos nos marcam. Cresci a ver-te em séries, novelas e filmes e sempre tive ideia de que representavas sem esforço. As tuas interpretações eram sempre tão naturais que parecia que estavas na tua vida normal do dia-a-dia. São assim os grandes atores. Tenho muitas dúvidas que haja alguém, por este Portugal, que não goste de ti ou te admire. É impossível não ficar triste ao pensar que já não te vamos ver em novos papéis. 

 

Quando vi a notícia não quis acreditar. Fiquei com um aperto no peito quase como se te conhecesse mesmo. Fiquei colada à SIC Notícias a ver imagens tuas e os testemunhos dos teus amigos, colegas de profissão e admiradores. Todos tão tristes, com tantas coisas boas a dizer a teu respeito. Unânimes em afirmar que nunca tentaste roubar as luzes a ninguém, que não tinhas maldade alguma numa profissão tão competitiva. E fiquei ainda mais triste por teres ido já. Tão de repente. Queria ver-te mais vezes na televisão. Queria ver-te em mais filmes como "Os Imortais", um dos meus filmes portugueses preferidos e onde fazes um papel do caraças. Queria ver-te no teatro. Que pena, Nico. 

 

Até sempre, Sr. Contente.

 Nicolau-Breyner-800x450.jpg

 

11 comentários

Comentar post

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal