Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Champagne Choque

Champagne Choque

10 Razões para ver Stranger Things

Eu sei que já toda a gente falou da série, que já muita gente partilhou imagens e opiniões, mas eu ainda não o tinha feito e, como foi das séries que mais me marcou nos últimos tempos, tinha que falar nela. Caso sejam pessoas que, tal como eu, vibram com estas novidades que trazem uma lufada de ar fresco às histórias de médicos, advogados e políticos que andam por aí, apostem nesta série que não vão sair desiludidos.

 

Vi a primeira temporada em dois dias, em Setembro. Só não vi num dia apenas porque...vá, vida a acontecer fora de quatro paredes. A primeira temporada tem oito episódios e tudo junto faz pouco menos de oito horas intensas colada ao ecrã. Há muito tempo que uma série não me entusiasmava tanto...ao ponto de ter que ver tudo até ao fim por não aguentar não saber o que se passa a seguir. Por isso, partilho 10 razões para cima de espetaculares que mostram que Stranger Things vale muito a pena.

 

stranger-things-serie.jpg

 

1. Passa-se nos anos 80. Para quem é 80's lover, o tipo de ambiente, as roupas, a forma como

os miúdos vivem e brincam com bicicletas e jogos de tabuleiro, são um delírio completo. 

stranger-things-barb.jpgstranger-things.jpeg

 

2. A Eleven. Têm de conhecer a Eleven. Uma miúda com poderes especiais que é incrível e

de quem é impossível não ficarem fãs (e não quererem ser amigos dela).

A interpretação brutal da Millie Bobby Brown vale mesmo a pena.

stranger-things-eleven-image.0.jpg

 

3. O mistério que envolve toda a temporada. Queremos saber o que aconteceu ao Will.

stranger-things-will-scared.jpg

 

4. A banda sonora brutal, com músicas da época.

(isto dito por uma pessoa que tem sempre o rádio do carro sintonizado na m80) 

 

5. Ver que a Winona Ryder afinal consegue ser boa actriz.

30-stranger-things.w1200.h630.jpg

 

6. A referência a filmes de culto dos Anos 80, como E.T, Stand by me, Os Goonies, entre outros.

(O vídeo está super completo)

 

 

7. Descobrir o que é aquela coisa viscosa nojenta.

strangerthings_walkinhere.png

 

8. A amizade entre os miúdos é a coisa mais querida. Vai derreter-vos o coração. 

stranger-things.jpg

 

9. A cena das luzes de Natal: o significado, o que representa, a parte visual da coisa. É incrível. 

stranger-things-netflixs-life-tips-KoE.jpg250816strangerthings.png

 

10. É Ficção Científica (misturada com mistério, romance e acção). Querem melhor?

maxresdefault.jpg 

Friendship Goals...e de como a Shonda continua a mexer com o nosso coração

 

Depois da morte do Derek, parece que a Meredith não tem descanso. Quer dizer...teve durante uns tempos. Acabou a 11ª temporada tranquila e começou a 12ª temporada mais animadinha. Ora, que vamos de férias de Dezembro a final de Fevereiro (os famosos intervalos que as séries fazem nos States a meio das temporadas) e voltamos a bombar com tudo! Já sabemos que a Shonda tem a mania de mexer com o nosso sistema nervoso quando menos esperamos, mas ainda assim apanha-nos sempre desprevenidas...sacana da mulher! 

 

Ora estava eu, descansadinha da vida, a preparar-me para ver o regresso da temporada (já um pouco esquecida do que se passava no Grey Sloan Memorial Hospital) antes de ir dormir, à espera de uma coisinha assim-assim e logo nos primeiros minutos pimbas...cortam-nos a respiração!!! Lá se foi o sono, lá se foi o descanso, foi-se tudo até ao último minuto do episódio. Se já viram o episódio 9 da 12ª temporada (o regresso da mid season) sabem do que estou a falar.

 

Com o coração na boca lá me acalmo, caem-me umas lagrimazinhas pelo meio (clássico!) e derreto com a amizade do Karev pela Meredith. Se não é a coisa maaaaais querida! Quero um Karev só para mim!

 

meredith.png

FullSizeRender (7).jpg

 

O que é que as novas imagens da Guerra dos Tronos nos dizem sobre a 6ª temporada

A sexta temporada de "A Guerra dos Tronos" estreia a 24 de Abril, nos EUA, mas a HBO já anda a mexer com a nossa cabeça há vários meses. Vão nos dando informações a conta-gotas. Um trailerzinho ranhoso aqui, umas imagenzinhas ali e pouco mais. Partilharam agora vinte fotografias para aguçar a curiosidade, que nos deixam mais ou menos na mesma. 

 

Então o que ficamos a saber?

 

Que o Bran Stark, ao que parece, passou 75 anos numa gruta e voltou já um homenzinho feito.

(eu sei, eu sei que saltaram a história dele uma temporada e que a criança cresce, mas acho mal)

got1.jpgQue a Arya vai continuar num mundo à parte de Westeros a dar-nos a maior seca da vida nestas cenas. 

got2.jpgQue, diferente do que está nos livros (como a maior parte da série já), a Myrcella morreu mesmo (?). 

got3.jpgQue estes dois agora vão ser BFF's Forever. Ela vai perdá-lo, ele apaixona-se, casam-se, mas não podem ter filhos por motivos óbvios e viveram felizes para sempre. 

got4.jpgQue a Brienne vai continuar a ser completamente inútil, personagem que não desenvolve, 

e manter esta cara de sou-muito-forte-só-que-não.

got5.jpgQue a família Greyjoy vai voltar à carga. Se for para fazer a mesma m**** de antes,

mais valia estar quietinha. 

 

got7.jpg

Conclusão: valha-nos o Tyrion com o seu vinho e o seu humor.  

got6.jpg

 

Mais imagens aqui

 

How To Get Away With Murder volta hoje...amén!

FullSizeRender (5).jpg

 

A série que mais me viciou nos últimos tempos. Que me fez não conseguir dormir por querer ver "só mais um episódio". Que me fez estar ansiosamente à espera do seu regresso a sofrer com esta ausência. 

 

How To Get Away With Murder volta hoje e a única parte má é que é só um episódio por semana! Se não sabem do que estou a falar, desmarquem tudo o que têm para fazer logo à noite, agarrem numa manta, sentem-se confortavelmente no sofá e mandem-se de cabeça para a história da advogada Annalise Keating e dos seus cinco alunos que vos vai fazer ficarem colados ao ecrã até verem todos os episódios disponíveis. 

 

how to get.jpg

 

 

Os melhores de 2015

Ainda posso? Ainda dá para falar dos melhores de 2015? Pronto, então aqui vai. 

 

LIVROS

O livro que mais me marcou este ano foi, sem dúvida, "Mataram a Cotovia" (To Kill a Mockingbird), de Harper Lee. 5 estrelas. Daria mais, quantas mais houvessem. "Contos", de Oscar Wilde foi também uma das melhores leituras do ano. Os outros três (um de fantasia, um português e um de não-ficção) também marcaram as minhas leituras e, por razões diferentes, entram nesta lista.

livros2015.jpg

 

FILMES

Melhor filme de 2015 é o "The Revenant", apesar de o ter visto já em 2016. Se falarmos dos filmes de 2015 vistos durante 2015, talvez seja o "The Martian". Mas se generalizarmos para os melhores filmes que vi em 2015, lançados em anos anteriores, o pódio vai para "Midnight in Paris" (2011), "Wolf of Wall Street" (2013) e "Saving Mr. Banks" (2013). Filmes brutais, com enredos fortes e tocantes que me encheram as medidas. 

filmes2015.jpg

 

SÉRIES

Três séries que comecei a ver este ano e viciei:

- "How to get away with murder" (2014) - não consegui largar até ver tudo.

- "The Affair" (2014) - é esquisitinha, mas adoro o facto de os episódios serem divididos e termos a visão masculina e feminina em separado.

- "Empire" (2015) - Não acho que seja uma obra-prima das tv shows americanas e às vezes é um bocado forçada, mas adoro a Cookie e isso disfarça um bocadinho as falhas.

series2015.jpg

 

Das séries que já via, dei continuação a mais uma dúzia delas e, como não consegui escolher A melhor, decidi destacar três momentos que me marcaram:

  • O final de Revenge - aiiii o que eu chorei
  • A maldade que a Shonda fez ao Derek em Grey's Anatomy
  • Saber FINALMENTE quem é a "A" em Pretty Little Liars

series2015(2).jpg

 

MÚSICAS

Esta é capaz de ser a categoria mais difícil. Porque oiço muita coisa de estilos diferentes e estou constantemente a ouvir músicas mais antigas que são as minhas preferidas. Mas se tivesse que escolher músicas que me marcaram (sejam ou não de 2015) e porque representam diferentes momentos do ano:

Adele - Hello

Chet Faker - Talk is cheap

Fetty Wap - Trap Queen 

 

YOUTUBE

2015 foi também o ano em que explorei, como deve ser, todo um mundo cibernético que existe para além das portas do youtube e em que conheci grande parte dos canais que hoje sigo fielmente. A destacar:

Um canal literário: Tatiana Feltrin (Brasil)

Um canal cómico/coisas da vida: Kéfera (Brasil)

Lifestyle: Zoella (UK) e Flávia Calina (Brasil)

 

 

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal