Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Champagne Choque

Champagne Choque

O mIRC faz 20 anos!

Já?!? Como assim? Sinto-me tão antiga. É isto quando as nossas amigas começam a engravidar, quando percebemos que os nossos primos pequeninos já estão a tirar a carta de condução e quando o chat que TODA a gente usava (na minha cabeça) há uns 8 anos, afinal já faz 20. Não sei bem que idade tinha quando comecei a usá-lo, mas devia ter uns 13 ou coisa assim (que parecendo que não já foi há 15 anos). Todos os amigos tinham conta no mIRC e conhecia-se imensa gente nova por lá também. O famoso "ddtc?"(*) que os adolescentes de hoje, com toda a linguagem tecnológica que têm, nem devem ser o que é e que serviu para tantos engates na altura. Até porque 83% das pessoas nem sequer tinham a sua fotografia verdadeira no quadradinho superior direito e isto deu muito pano para mangas. 

mirc3.jpg

Além das conversas privadas, haviam as salas de chat, os chamados canais, dos quais podíamos ser administradores. Naquela altura era cool quem fosse administrador de um canal popular. Podia adicionar pessoas, podia bani-las, era a popularidade virtual no seu máximo, mais ou menos equivalente aos miúdos que hoje em dia querem terem milhares de seguidores no instagram. Toda a gente falava ao mesmo tempo e ninguém se entendia. Faziam-se amizades. Mas também se terminavam namoros. Eram os primórdios dos engates pela net. Raise your hand if you remember this!!!

mirc2.jpg

 

Nem de propósito vi isto hoje no facebook e fez-me rir. Nem que me espetassem com molho de tomate na cara vos digo qual era o meu nick. E o meu primeiro endereço do hotmail. Têm vergonha do vosso? Então vamos assobiar, olhar para o lado e passar à frente. mirc.jpg

Podem ver aqui 8 factos interessantes sobre o mIRC. Tem a sua piada olhar para trás e ver como as coisas eram e como evoluíram. Diz o Observador: "Quando os utilizadores começavam a sair em catadupa, percebia-se logo: os servidores estavam a cair da rede e os seus utilizadores caíam com eles. Era trágico". E era. Naquela altura a internet não era tão estável como hoje em dia, as ligações eram mais fracas e iam abaixo muitas vezes. E depois para a voltar a ligar, à noite, quando os nossos pais já estavam a dormir era um filme. Porquê? Por isto: 

 

 Lembram-se? O ruído que era ligar a internet. Parece coisinha doutra vida. 

 

 

(*) ddtc = de onde teclas

 

O diferente está na Moda!

E ainda bem! Há cada vez mais notícias de que o mundo da moda está a deixar de ter uma visão anorética do que entende por perfeição e a abrir os olhos para corpos bonitos e saudáveis. Claro que para ser modelo é preciso cuidar do corpo, da imagem, mas isso não quer dizer que as mulheres tenham que pesar 38 kg e sofrer horrores para não engordar. É uma discussão antiga mas acho que felizmente as coisas estão a mudar. Com passos pequeninos, é certo, mas devagar se chega longe. 

 

E alguns desses passos foram dados, literalmente, esta semana na New York Fashion Week. Um grupo de mulheres, com peso considerado acima do normal no mundo das passerelles, desfilou uma coleção de lingerie da marca Addition Elle desenhada pela modelo Ashley Graham, ela própria uma modelo plus size. Chegaram, viram e sambaram na cara daquela gente toda.

 

Todas desfilaram com orgulho do corpo que têm, com confiança e seguras de si. E, na verdade, a sexyness feminina vem toda desta forma de estar. Podem ver o vídeo do desfile aqui

ashley.jpg

ashley2.jpg

ashley4.jpgashley5.jpg

 

 

 

ashley3.jpg

 

Mas o tema não acaba aqui. Chega de achar que só miúdas esqueléticas com 17 anos é que podem ter sucesso no mundo da moda. Nem de propósito vi esta notícia também esta semana, que deve ser uma inspiração para todas as mulheres que acham que a partir de uma certa idade a beleza é coisa do passado e censurar toda a conversa que comece "no meu tempo é que era...". Não tem que ser assim. Há que assumir o que cada idade tem de bom e ainda bem que há marcas que hoje em dia abrem espaço a rostos e corpos de mulheres mais velhas nas suas campanhas.

Yasmina Rossi tem quase 60 anos, assume o cabelão branco como um dos seus trunfos e continua a modelar. Fez campanhas para marcas como Yves Saint Laurent, Hermes e Marks & Spencer e diz que é muito mais feliz hoje do que quando tinha 20 anos. Adoro.

yasmina.JPG

E como vai o 2015 Reading Challenge?

Falei-vos deste desafio aqui. Já há "check" feito em vários pontos. Li alguns livros que cabem na mesma categoria, e talvez seja por isso que ainda não está tudo preenchido, mas vou diversificando. As categorias que continuam em branco já têm livros destinados aqui em fila de espera. Ainda falta algum tempo até o ano acabar, por isso vai tudo correr bem. No final do ano, quando tiver tudo preenchidinho, venho contar-vos quais os livros que li e que se encaixam em cada um destes pontos. 

 

readingchallenge(2).jpeg

TAG | Completa a frase...

Vamos lá por este blog nos eixos, agora que Setembro já vai a meio e começa um "novo ano". Tenho a certeza que para muitos de vocês, tal como para mim, Setembro tem mais sabor de ínicio de ano do que o dia 1 de janeiro.

Para começar esta semana, e porque não fazia nenhuma TAG há muito tempo, decidi responder ao desafio da Van do Nuages Dans Mon Café. É só completar umas frases com os nossos gostos e manias. Simples.

maquina3.jpg

 

Sou muito friorenta. Já estou a sofrer por antecipação.

Não suporto gente sonsa. 

Eu nunca deixei queimar um bolo. (com muito orgulho!)

Já me zanguei quando cortam uma música que gosto a meio na rádio. Chamo-lhes nomes.

Quando era criança queria ser professora. Depois ganhei juízo.

Neste exacto momento estou a responder a isto (?!?)

Morro de medo de aranhas. (é triste, mas é verdade)

Sempre gostei mais de pipocas doces do que salgadas.

Se eu pudesse nunca mais apanhava frio na vida. 

Adoro massa. (a sério, conseguia comer massa todos os dias, de todas as maneiras e feitios. Não o faço por motivos óbvios)

Fico feliz quando não tenho que pôr despertador.

Se pudesse voltar no tempo ia para os anos 70, ver concertos, ser hippie e viver aquela onda toda do "paz e amor".

Quero viajar para um sítio onde o verão esteja a começar.

Eu preciso de ganhar o euromilhões. (Ámen)

Não gosto de ver touradas e tudo o que tenha a ver com tradições estúpidas com animais.

 

 

Não faço ideia de quem já respondeu, por isso vou mandar ao calhas:

A Cláudia do Lado C da Vida

A BB do Bata & Batom

A Cláudia do A Mulher que Ama Livros

A M. do Lovely People

A R. do Bla Bla Bla

 

Pág. 2/2