Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Champagne Choque

Champagne Choque

Então e o episódio em que o Derek Shepherd morre?

Já vi o fatídico episódio de Grey's Anatomy. Fui entupida com spoilers durante dois dias, portanto já sabia o que ia acontecer. Respirei fundo antes de carregar no play - é que a querida Shonda Rhimes (autora da série) já me fez chorar muito. Sou assim, pronto. Lágrima fácil em séries e filmes. Quem não se lembra do final de temporada em que o George morre e a Izzie é operada de urgência? Ou o final de temporada em que entra um maluco no hospital a disparar para tudo quanto é lado e mata uns quantos médicos? Ou quando o avião cai e a Lexie morre agarrada ao seu Mark? Já lhes aconteceu de tudo. E são sempre episódios emotivos, com boas escolhas de músicas que ainda nos deixam mais na m&%$#&. Por isso, já ia preparada mentalmente para a choradeira, apesar de achar que esta temporada, tanto como a última, está fraquinha. Volta Cristina Yang!!!

27EDCDB600000578-3053232-image-a-247_1429855778064

 

Mas não me emocionei. Achei o episódio estúpido, os acontecimentos patetas. Tudo fez pouco sentido. Dizem que a Shonda andava chateada com o Patrick Dempsey, mas também não era motivo para isto. Ora vejamos:

 

  • Porque é que ele tinha que se meter por uma estrada secundária? Não podia esperar um bocadinho no trânsito? 
  • Porque é que nestas situações NUUUNCA há rede de telemóvel? 
  • Porque é que ele, depois do acidente, não pegou no seu carrinho e voltou para trás até uma zona com rede para pedir ajuda?
  • Como é que ele tirou a mulher de dentro do carro?!?
  • Se ali não havia rede como é que o telemóvel dele começa a tocar quando ele se está a ir embora?
  • Porquê parar o carro no meio da estrada para procurar o telemóvel?
  • Durante o tempo todo que andou ali a cuidar dos outros não passou ninguém. Porque é que o camião tinha que passar naquele momento?
  • Porque é que lhe tinham que calhar médicos bestas que não sabem o que fazem?
  • A sério que o neurocirurgião tinha que ter ido jantar? E tinha que ter demorar mil anos a chegar?
  • A sério que alguém que acabou de perder o marido consegue manter aquela calma? E ainda tem o altruísmo de dar conselhos à médica responsável pela morte dele e força para continuar a fazer o seu trabalho? NINGUÉM na vida real é assim. 

 

Pronto, depois entrou a música dos Snow Patrol, a Meredith começou a chorar e aí não me controlei. Mas só me emocionei nos últimos três minutos, que no resto do tempo estava parva com a estupidez de episódio que aquilo foi. 

 

Quem os viu e quem os vê

Quem vê The Big Bang Theory sabe quem é Mayim Bialik ou, pelo menos, quem é Amy Farrah Fowler. É a namorada cientista, tímida e nerd do Sheldon, que lhe atura todas as manias e obsessões. E espera, sem desesperar, que um dia destes ele se faça homem. No meio disto, estamos habituados a vê-la pouco sexy, com roupas convervadoras - para não dizer parolas - e pouco feminina. Maaas, ao que parece na vida real Mayim Bialik solta a gata que há em si (não adoram esta expressão?), veste uns trapinhos da moda, bota maquilhagem e pimbas! Sai um mulherão, mais ousada e mais bonita. É caso para dizer quem a viu e quem a vê.

mayim-amy(2).jpg

 

Aqui não há grandes mudanças de visual. Mas isto de encontrar atores ao calhas e tentar lembrar-me de onde os vi da última vez tem um poder qualquer sobre mim. Desta vez foi instantâneo. Estava a ver 'The Affair' quando aparece a avó da Allison, que não é nada mais, nada menos que a Magda de 'O Sexo e a Cidade', empregada da Miranda e babysitter do Brady. Ao que estarias destinada, querida Magda. 

lynncohen(1).jpg

 

Este é o ponto mais sensível do post, porque estou muito triste com isto. Então não é que depois de andar a lutar pelo Reino do Norte, o nosso querido Robb Stark (que os deuses antigos e os novos o tenham em paz) dedicou-se a caçar princesas? E logo a Cinderela, que é a mais chatinha de todas. Mil vezes tê-lo todo sujo e com ar de quem não toma banho há 6 meses do que com este ar de menino do papá. George R. R. Martin não dá para trazer o Robb de volta?

robbstark-cinderela(1).jpg

 

Então e o primeiro episódio de Game of Thrones?

Vi o episódio no domingo à noite, maaas como sei que há muita gente que não viu logo, não quis vir para aqui ser bitch spoiler about it. Adorei matar as saudades de Westeros, mas confesso que achei o episódio um bocado aborrecido parado. De qualquer forma, a partir de agora deve começar a acção. 

 

Gostava de dissertar mais sobre o assunto, mas o BuzzFeed fê-lo na perfeição. Tirou-me completamente as palavras da boca, ou melhor, os pensamentos. Além de que me fez dar umas valentes gargalhadas com alguns dos itens do artigo: "101 pensamentos que tive enquanto via o primeiro episódio da série 5 de Game of Thrones". 

 

Vejam aqui e digam-me se em algum destes momentos não pensaram de forma igualzinha. 

 

got2.jpg

 

Entretanto já tenho o segundo e terceiro episódios, mas estou a tentar aguentar porque se os vir todos já depois tenho que esperar um mês por um novo episódio. E isso é um bocado chato. 

 

Game of Thrones is coming

É HOJE! É HOJE! É HOJE! 

 

Bem, tecnicamente é amanhã. Porque sai hoje nos EUA, mas só amanhã é que consigo ver. A nova temporada de Game of Thrones finalmente chegou, depois de quase um ano à espera. Quem vê aposto que está com a mesma histeria que eu.

 

É das melhores séries de sempre e é uma das que mais downloads tem no mundo. Se nunca viram parem tudo o que estão a fazer, saiam das esplanadas, esqueçam os vossos namorados/as e façam malas rumo aos Sete Reinos de Westeros! Assim que entram no espírito da coisa é tipo um buraco negro, nunca mais conseguem sair. É um vício gigante. 

got3-horz.jpg

got5-vert.jpg

 

A série é baseada nos livros de George R. R. Martin. Gosto muito dele mas esta mania de matar toda a gente mexe-me com os nervos. E há imensas imagens a brincar com isso. 

georgerrmartin.jpg

Sou a única? #2

Que não quer ver trailers, nem imagens, não quer saber curiosidades nem informações do que se vai passar na nova temporada de Game of Thrones? É que ao que parece, sou.

Pessoas pareeeeeeem de comentar, de perguntar "já viste no trailer que o X vai fazer isto assim e a Y vai ter com o Z e vão para o sítio N?". Nãããão, não vi, deslarguem-me. Nestes casos extremos, a coisa mais adulta a fazer é tapar os ouvidos e fazer sons altos até eles se calarem.

Prefiro ver os episódios sem saber de nada. Ir completamente a zeros. Sou a única a pensar assim? Que ser surpreendida é que é giro? Até 12 de abril vou tentar fugir a estas tentações todas! Wish me luck!

Os apartamentos das séries

Eu, viciada em séries, me confesso. Vejo muitas, ao mesmo tempo. Não baralho histórias nem personagens, como já me perguntaram. Sofro quando acabam as temporadas e tenho que esperar meses ou, em alguns casos, um ano, para voltarem ao pequeno ecrã do meu computador (que isto de ver séries na televisão é coisa que não me assiste). E quando gosto, quando é amor a sério, vou à procura de curiosidades sobre a série, sobre os actores, sobre as gravações, vejo entrevistas, vejo bloopers, enfim... 

 

Por isso, adorei esta ideia, que já não é nova, mas partilho-a hoje aqui. O ilustrador Iñaki Aliste Lizarralde dedicou-se a desenhar as plantas dos apartamentos de várias séries. Quem nunca imaginou como seria viver no apartamento da Monica, com o Chandler e o Joey ao lado? Ou no da Carrie com aquele mini closet e a secretária à janela onde escrevia os textinhos todos? Calculo o tempo que o senhor não deve ter levado para apanhar os pormenores da decoração, os recantos, os detalhes destas casas que, no fundo, são cenários construídos em estúdio, mas aposto que vocês, como eu, gostavam de visitar.

 

FRIENDS

Friends.jpg

 

SEX AND THE CITY

carrie_bradshaw_apartment_from_sex_and_the_city_by

 

HOW I MET YOUR MOTHER

how-i-met-your-mother.jpg

THE BIG BANG THEORY

TBBT.jpg

 

SEINFELD

Seinfield.jpg