Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Champagne Choque

Champagne Choque

Então e o Street Food Festival?

Fui ontem ao Street Food Festival, no Estoril. Um conceito que junta no mesmo sítio várias caravanas de comida, portuguesas e internacionais. Tipo as roullotes à saída das discotecas mas com menos couratos. Ia com poucas expectativas depois do pânico e do horror relatados por toda a gente durante o fim de semana que, como estive fora, não pude ir. Notícias da multidão que invadiu os jardins do Casino e muitas críticas à organização. Mas uma pessoa tem que ver com os próprios olhos e saborear com as próprias papilas gustativas e, portanto, lá fui eu ontem ao fim da tarde ver como andavam as modas por lá. Não estava a chover, começou bem.

fotografia 1 (1).JPG

O sítio está giro, com caravanas decoradas, muita variedade de comida ou pelo menos a que se esperava. Tanto que fiquei a babar sem saber qual escolher. Quando a poça de baba já me acompanhava há largos metros, os meus amigos fizeram questão de me chamar à razão e, como tinha um jantar de aniversário a seguir, não me deixaram experimentar comida a sério. Sugeriram que comesse qualquer coisa leve. Portanto fui à Waffleria. Já sei que somos o que comemos e blá blá blá, também concordo muito com isso e geralmente como bastante bem, mas em dias de festa as calorias e o açúcar não contam e ontem era o dia de festa de um amigo meu. Pronto.

 

Pedimos dois waffles, um de chocolate belga e um de doce de frutos silvestres. Os toppings estavam bons mas o próprio do waffle....coitadinho. Era o primo pobre de um waffle bom. A massa não era saborosa, estava mal cozida e ainda tinha aquele gosto da máquina por onde já passaram dez mil waffles na hora anterior. Fiquei desiludida e não aconselho. Podem fazer muito dinheiro com todas as pessoas que lá vão experimentar mas certamente não criam clientes fiéis que lá voltem uma segunda vez.

fotografia 3 (3).JPG

Prometo voltar nos próximos dias para experimentar comida a sério e depois vir contar-vos se vale a pena ou não. Faço esse sacrificio. Resta decidir entre bagels, comida italiana, burritos, kebab ou comidinha portuguesa. Decisões dificeis. Fiquei a babar (sim, perdi 10kg de baba ontem) com a ementa do Conceito Food Truck, a caravana do Conceito Food Store, onde já jantei e garanto-vos que a comida é deliciosa. Adaptaram um menú para o festival que é de ficar com água na boca. 

 

A parte má: não haver casas de banho disponíveis. Já tinha lido essa crítica e realmente não se percebe, num festival de comida e bebida não haver casas de banho. É imperdoável. A questão de trocar dinheiro real por dinheiro deles, é uma boa forma da organização gerir melhor as receitas mas para os clientes é só chato e pouco prático. Apesar disso tive sorte porque não apanhei filas nem confusões. Volto a tentar a minha sorte no fim de semana. Wish me luck.

 

Nota: foram as fotos possíveis com o telemóvel.